Loading...
Prosas

As pessoas tem mais é que…

Fico me perguntando por que tem tanta gente que perde tempo na vida se preocupando com a vida dos outros ou com coisas tão banais como ter sempre razão e estar sempre por cima.Futilidades a parte, porque ninguém é de ferro, passar a vida só se preocupando com isso é muita alienação.
Sou mulher, tenho as minhas futilidades e adoro jogar conversa fora e fofocar. Como diz uma amiga virtual, fofocas santas… Mas não deixam de ser fofocas. Agora passar o tempo todo falando de coisas e pessoas que não me dizem respeito e não tem nada haver com minha história… Bem aí já é demais!
E o mundo pegando fogo, a crise chegando, o país se abostando, pessoas morrendo de fome, de doenças, de tédio, de solidão e a criatura lá… Pensando no carro do ano, na vida da vizinha e no último lançamento do Armani…
As pessoas tem mais é que tomar no %#@!!! Tá na hora de acordar, de se dar conta da realidade, de olhar pro seu umbigo, pro seu rabo e tentar salvar alguma coisa. Seus filhos, por exemplo, que a cada geração nascem mais complexados, mais desorientados e chegam as escolas sem um pingo de educação. Sim, porque educação vem de casa… A escola é o local pra adquirir conhecimento, não educação!E sem falar que os casamentos desmoronam como se fossem construídos em cima de uma duna. Ninguém é de ninguém. Ninguém respeita ninguém.
Carácter? O que é isso? Onde se compra? Pra que serve? Custa caro?
E assim a gente vai… E assim a gente vai se afundando cada vez mais. Se alienando cada vez mais. Passando por cima de qualquer um pra conseguir o que se quer. Esquecendo que existe a lei do retorno e tudo que se faz, se paga. Mas se pode pagar a prestação não tem problema. Dá pra parcelar em quantas vezes as maldades? Doze vezes sem juros no cartão de crédito… Ah! Assim tá valendo!
Cada um cada um. Cada qual com sua sina. Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Eu é que não vou atirar. Mas aprendi a duras penas a separar o joio do trigo e selecionar meus amigos.
Aprendi que nada se consegue no mundo de hoje sem meia dúzia de gritos e que as pessoas só respeitam as outras assim.
Ainda sonho com meu mundinho perfeito. Onde a ganância fique de lado e de passagem pro respeito. Onde cada um faça o quiser da sua vida sem que outras pessoas com vidas vazias sintam inveja ou tornem tudo monstruoso. Ainda rezo todos os dias pedindo paz, comida, e amor pra humanidade. Ainda consigo dentro da minha casa fazer valer a lei da privacidade.
Ainda sou feliz, apesar de tudo que vejo a minha volta e apesar de todos os que não suportam isso. Penso logo existo. E existo plenamente porque minha consciência dorme em paz, sabendo que a minha parte eu faço e que respeito qualquer um pelo que é e não por suas escolhas. Pois nossas escolhas não são o que somos e sim fruto do que somos.
E você? sabe quem é ? Entende suas escolhas? Dorme com a consciência tranquila? Desejo que um dia você acorde sabendo tudo isso. Desejo que um dia você tenha o suficiente pra poder dormir em paz. Que um dia você acorde desse coma induzido por uma sociedade banal e alienante. Um dia… Qualquer dia… E que esse dia não demore muito… se não será tarde demais.
—————————————-
Não! Isso não é pra uma pessoa específica. Isso é pra qualquer um e pra todos.
—————————————-
Sim! Andei esse fim de semana muito indignada com a falta de respeito pelo próximo e com a ganância das pessoas.
—————————————
Não eu não tô de mal humor! hahahahahahaha
————————————–
Uma ótima semana pra todos, com muitas fofocas santas e com muito choque de realidade que é isso que tá faltando pra gente!!!

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *