Loading...
Prosas

Nem tudo sempre faz sentido…

Como as coisas nem sempre fazem sentido, e não tem porque elas fazerem, lembrei dessa música, da Fernandinha Abreu que tem tudo haver com um momento bem recente da minha vida e que talvez traduza em melodia o que se passa na confusão do meu mundo perfeitamente imperfeito. E como eu gosto dele, e como eu desejo e quero… Coisas exóticas, como diria minha amiga Graci, sempre fizeram a minha cabeça e como tem coisas que nunca mudam… O medo do novo, o desafio, o tesão que dá… Não tem como esconder, não dá para disfarçar… Exala pelos poros e que venham as conseqüências e paixões… Afinal só se tem uma vida e tudo muda o tempo todo no mundo, como diria o Lulu… É tudo isso que quero, que persigo e que considero importante. Sem conceitos moralistas, sem paranóias, sem o blá blá blá de sempre. O novo, o desafio, o medo o frio na espinha, a adrenalina, o tesão, a paixão… Como eu quero…

Você Pra Mim

Fernanda Abreu

Composição: Fernanda Abreu

É incrível a nossa história
Sem nenhuma prova concreta
Só palavras, que voam com o vento
Imagens que eu guardo na memória
Um segredo inviolável
De uma paixão inflamável
Mas que nunca incendeia
Nem em noite de lua cheia
Às vezes passo dias inteiros
Imaginando e pensando em você
E eu fico com tantas saudades
Que até parece que eu posso morrer
Pode acreditar em mim
Você me olha, eu digo sim
Mas eu nem sei se sofro assim
O que eu quero é você pra mim

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *