Loading...
Prosas

Encontros, Desencontros e Reencontros…

A vida é feita de encontros e desencontros. Não existe nada nela que a gente não possa classificar assim. Você encontra as coisas, se desencontra delas e as vezes reencontra. Coisas, pessoas e sentimentos. Tudo passa o tempo todo na vida assim.

Os encontros marcam etapas, fases e muitas vezes geram novas eras. Nem sempre boas, nem sempre ruins. Mas é a partir deles que coisas novas acontecem. Amores, amizades, romances e sentimentos.  Tudo depois de um encontro. Algumas vezes eles não são bons. Em outras eles são maravilhosos e breves. Alguns encontros duram por toda a eternidade. Outros não passam de uma vida.

Depois vem os desencontros. Você se perde daquele sentimento, daquela pessoa, daquela coisa que era tão bacana. Ou então você simplesmente foge de algo que não era legal. Isso também pode ser caracterizado como desencontro. Tem vezes que o desencontro faz chorar, faz sangrar e faz uma falta imensa. Pessoas caem em depressão. Os desencontros também ensinam lições. Quem nunca se desencontrou na vida de um grande amor, de um grande amigo de uma grande paixão? 

A melhor parte de toda essa novela é o reencontro. Reencontrar um objetivo, um amigo, um grande amor. Melhor ainda quando esse reencontro não é esperado. Quando a gente vê a coisa toda acontecendo e o destino armando para tudo dar certo. Sabe o mesmo lugar, a mesma musica, a mesma história e tudo sem querer? Pois é. Coisa de filme de amor, daqueles bem água com açúcar mas que deixa a alma leve.

Reencontrar é a coisa mais maravilhosa da vida e mais saborosa. E a história começa de novo. E  vida segue com um gostinho mais que especial. Alias, muito especial. E parece que aquele desencontro nunca existiu. E tudo fica tão certinho, perfeito e encaixado que você se pergunta porque houve um momento na vida que não queria mais aquilo.

E que  a vida seja assim de encontros, desencontros e reencontros para você também. E que de tudo isso fique sempre o doce sabor que se desmancha na boca, que faz as pernas tremerem e te deixe sem ar. Que sempre hajam encontros e que nunca lhe falte desencontros para saborear ainda mais o momento mágico dos reencontros.

Você também pode gostar...

3 comments
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *