Loading...
Prosas

E viveram felizes para sempre ou só viveram

Eu adoro histórias de amor com final feliz, tipo viveram felizes pra sempre, sabe?! Acho mais linda ainda quando o casal se conhece na escola e são o primeiro amor… Nossa! É tão fofo, lindo e perfeito que chega a enjoar. Mas o fato é que a maioria esmagadora das histórias de amor da vida real não é assim. Algumas não acabam bem, outras não são perfeitas e algumas nem acabam.
A verdade é que a maioria das pessoas vive um monte de histórias até encontrar o seu final feliz ou simplesmente final. Não é péssimo. Essas histórias que acontecem na vida da gente, antes do príncipe encantado são, normalmente, de dois tipos: ou alguém que ferra com nossa vida ou a gente ferrando a vida de alguém. Claro, tem as exceções que acabam bem e todo mundo feliz com o término, mas são raras. Tão raras quanto os amores escolares a primeira vista. 

As que ferram a vida da gente são clichês: um cara e uma garota (ou dois caras ou duas garotas, tanto faz), se conhecem, se gostam, vivem intensamente mas ele é problemático demais, alguém ferrou a vida dele antes, ele tem mil problemas de auto estima e voilà! Ele te ferra completamente e você acha que nunca vai superar… Que o mundo vai acabar e que você nunca mais amará alguém igual a ele e que nada na vida tem sentido sem ele. De alguma forma você pensa que se tivesse uma chance seria capaz de perdoa-lo e consertar, seja lá o que está quebrado nele. Mas ele fez sua escolha e te deixou. E você fica completamente abandonada, carente, fodida e jura pra si mesmo que nunca, nunca mais vai se entregar assim para outra pessoa. E então você decide que agora você será a malvada dos relacionamentos. 
Aí vem o próximo, aquele que tem tudo pra ser o príncipe encantado. Mas sabe?! Ele é tão querido, meigo, atencioso e faz tudo por ti que você estranha e pá! Ferra a vida do cara deixando ele pra trás por algum outro canalha que vai te ferrar. E parabéns! Você acabou de transformar o príncipe no próximo canalha da vida de alguém. E você só faz isso porque aquele outro cara tinha te ferrado quando você foi boazinha, então para não deixar o mundo tão desigual você precisa fazer isso por outra pessoa. Quanta sabedoria a nossa, não é?!
Nenhum de nós nasce pra destruir a vida de outra pessoa, mas em algum momento da vida a história sempre se repete em ciclos. Eu me entrego de coração, o cara me ferra e então o próximo que se entrega de coração eu ferro com ele, porque né?! Se eu fui ferrada preciso ferrar alguém e assim, criamos cada vez mais pessoas no mundo complexadas  e com problemas de relacionamento. Bela forma de transformar o mundo num lugar melhor. E sério… Se você está lendo isso e pensando que você está a ponto de fuder com a vida e auto estima de alguém porque você foi massacrado por outra pessoa, pare! Procura um psicólogo, psiquiatra, meditação, yoga ou qualquer outra coisa, mas não, não ferra alguém porque você está magoada. Lembre-se sempre que todo o canalha um dia foi o príncipe encantado de uma menina má. 
Então um dia você já se machucou demais, já magoou demais outras pessoas e conhece um cara. Normal, com nenhuma característica de príncipe encantado, nada a ver com nenhum outro que já passou pela sua cama, opa, vida é que você considera que vai ser apenas mais um casinho de verão. E quando menos espera… Fudeu! Ele é o cara certo! Ou o errado, mas é o seu número! E aí vocês vivem felizes para sempre, ou apenas vivem porque felizes pra sempre é água com açúcar demais e a vida é uma grande montanha russa de altos e baixos. 
E as histórias de amor perfeitas? Elas continuam nos livros, nos filmes e na imaginação adolescente das meninas. Porque a vida real é hardcore e não teria a menor graça se não fosse assim. 

Você também pode gostar...

9 comments
  1. Sure We Have A Blog

    Concordei tanto com seu texto que chega a doer hahah
    Acredito que estaremos vivendo os clichês eternamente, mas já deixei pra lá essa coisa de feliz pra sempre. Viver de fantasia é só pros personagens ahhaha

    Um beijo,
    Paloma
    surewehaveablog.com.br

  2. Juliana Holdefer

    Nossa, cara, concordo muito com o que diz. Amo ler histórias com romances, assistir filmes e séries cheias de shipps pra shippar, choro com pedidos de namoro ou casamento. Dai de repente você cai na real de que as vezes, isso é só uma história mesmo, e se decepciona. Mas felizmente, eu já botei isso na cabeça faz um tempinho. Adorei o texto! http://www.horadaleituraa.com.br/ >> Segue o blog de volta? Tá rolando um sorteio no blog!

  3. Carol Souza

    Nunca fui de acreditar em príncipes e coisas do tipo, graças a Deus, quebraria muito a cara hahaha. Isso de sair magoando as pessoas porque já foi magoado é péssimo, não é resposta para nada. Sou a favor do que você disse mesmo, vá procurar ajuda, mas não faça uma coisa dessas.

  4. Indicar Livros

    Olá td bem?

    tenho que concordar 80% com você, já ferrei a vida do cara só por que fizeram comigo e, de fato, não tinha nada de sabedoria. Eu sou daquelas que não acredito no amor a primeira vista, acho que se identifica, na minha opinião amor é adquirido ao longo da convivência, passando a amar alguns defeitos, manias, qualidade e assim vai. adorei o texto. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    http://www.indicarlivros.com/

  5. Prit Amaral

    É muito comum carregarmos nossa bagagem emocional para os próximos relacionamentos, afinal, somos frutos de nossas experiências também. Mas concordo com você no sentido de que esse ciclo vicioso de transferência de dores e mágoas é extremamente danoso e não deve ser estimulado. Apenas discordo da afirmação de que "todo o canalha um dia foi o príncipe encantado de uma menina má." Muitas vezes o cara é canalha mesmo e pode morrer assim ou melhorar com o tempo. Cada caso é um caso… Mas, sem dúvidas, somos capazes de viver o nosso "felizes para sempre" na medida em que compreendemos que o outro não é (e nunca será) perfeito e que não está nas nossas vidas para nos completar. Na verdade, somos inteiros, buscando alguém com que possamos dividir os dias. A compreensão mútua é fundamental para o êxito de um relacionamento saudável! Parabéns pelo texto!
    Um xêro.

    http://www.umadoseparaomeudia.com

  6. Blog Tamaravilhosamente

    Luisa e seus textos arrebatadores! Quanta verdade aqui. Já ouvi várias vezes que "pessoas magoadas magoam pessoas". E você explicou isso claramente. Mas de fato chega uma hora que precisamos romper esse ciclo e se dar uma nova chance para nós mesmos e para o amor. E que bom que a vida é assim mesmo né. Se assim não fosse não haveria graça nem aprendizado.
    Parabéns pelo texto e obrigada por trazer essa reflexão!
    Beijos!
    Tamara
    Blog Tamaravilhosamente

  7. Blog Resenhando

    Oii,

    Concordo com todo o texto. Claro que sempre desejamos o amor dos filmes, e principalmente, dos livros. Posso contar nos dedos quantas vezes desejei ter o mesmo destino que a mocinha. Mas é como você disse, na vida real é totalmente diferente e sempre temos vários obstáculos até um final feliz.

    beijos

  8. Mayara Martins

    Aí cara, li esse texto rindo de tão sincero que é. Claro que sempre tentando ser AS maduras, mas é tão difícil não foder com a própria vida, imagina com de outras pessoas. Amei o texto, parabéns!
    horadaleituraa.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *