Loading...
Prosas

Eu quero ser o mundo de alguém

As vezes a gente insiste em andar na contramão da vida. Fazemos tudo que é possível para nadar contra a maré e tentar, depois, culpar a força do mar. Esquecemos que o vento influencia, mas que para nos salvar só precisamos nadar para o lado oposto e deixar ele nos empurrar. Eu não sou diferente de milhares de pessoas que fazem isso. Insistem em caminhos sem volta, simplesmente porque querem ser diferentes. Ou precisam ser diferentes para entender o que acontece no mundo. 
Só que de tanto a gente tentar ser diferente, uma hora se percebe que o diferente que queremos não é do mundo e sim daquilo que somos. E então, tentamos de todas as formas descobrir quem realmente somos e quem queremos ser apesar do diferente. Ser diferente é bom, mas ser especial é melhor ainda. E somos sempre especiais para alguém e normalmente não damos valor a isso. Queremos ser especiais para o mundo e esquecemos que podemos ser o mundo de alguém. 

Neste exato momento você é especial para mim, tornou-se o meu mundo, pois enquanto digito freneticamente essas palavras que saem das pontas dos meus dedos com agilidade e amor, estou pensando em você. Em você que está lendo esse texto e que, por algum motivo se identificou com ele. Estou pensando em você que encheu os olhos de lágrimas, quando lembrou da briga que teve com alguém que você ama e na hora, de cabeça quente, não falou o quanto ela era seu mundo. Estou pensando em você que se sente deslocada, diferente, humilhada ou até mesmo invisível e que nunca percebeu que você é sim o mundo de alguém. 
Passamos tanto tempo pensando, hoje em dia, no que queremos ter, no que precisamos comprar, pagar, vestir e comer que acabamos deixando de lado o que queremos ser. E não estou do falando do que você queria ser quando crescesse, estou falando do que você quer ser agora. O que queremos ser para quem é especial para nós. Eu quero ser o mundo de alguém. Ou de alguéns. Quero ser a diferença entre o olhar vazio e aquele que faz alguém brilhar. Quero poder ser todas as manhãs o motivo que faz alguém sorrir, alguém sentir, alguém querer acordar. 
Precisamos parar de querer fazer diferença para o mundo e entender que se formos a diferença no mundo de alguém, tudo já terá valido a pena. E sem muito esforço faremos a diferença no mundo. 

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *