Loading...
Últimos Posts
Causos

E se fosse amor?

Eu ainda penso todos os dias naquele exato segundo em que ela virou as costas e fechou a porta. Não consigo saber porque de todas as recordações que eu poderia lembrar, quando penso nela, é essa a imagem que salta em meus olhos. E após algumas lágrimas insistirem em derramar, escorrendo pelo meu rosto, as palavras dela ainda me cortam como um machado bem afiado em um tronco centenário. “Você não sabe o que é amor. Não sabe amar”. E se fosse amor o que eu sentia? 
Se fosse amor o que eu sentia eu não teria a deixado partir? Se fosse amor o que existia ela saberia? Se fosse amor o que acontecia eu saberia? E se ainda é amor? Quem disse que todas as pessoas amam da mesma forma? Quem pode me garantir que não era amor? Quem falou para ela que eu não a amava só porque não mandava flores ou não lembrava a data que nos conhecemos? Por que eu teria que escrever bilhetes românticos, sem nem ao menos saber escrever?
Se fosse amor eu teria sempre um sorriso bobo quando a via chegando, toda atrapalhada entre chaves, bolsas e sacolas, tirando os sapatos de bico fino antes mesmo de abrir totalmente a porta e conseguir entrar em casa. Eu tinha esse sorriso.
Se fosse amor eu riria de suas piadas sem graça, de suas caretas estranhas, de suas manias tolas, de seu jeito estabanado quando tudo escapava de suas mãos e um grito ecoava pela casa “Merda! Desculpa, desculpa, desculpa”. Eu ria tanto.
Se fosse amor eu contaria ansioso as horas pra receber seus telefones a noite em suas viagens de trabalho. Contaria nervoso os dias que faltavam para ela retornar para casa. Esperaria sofrendo cada minuto de atraso do pouso apenas para abraça-la e conferir que realmente ela estava de volta. Eu contei todos os segundos longe.
Foi amor. Mas não foi suficiente pra ela. É amor e sinto sua falta todos os dias. Eu só não sei como provar pra ela que mesmo sem flores, bilhetes ou declarações espalhafatosas nas redes sociais eu sempre a amei. Ela que não percebeu, que esperou um amor de cinema quando na vida real os gestos são bem mais sutis e o amor está em pequenos detalhes.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *