Loading...
Prosas

Quando você me ignora

Quando você me ignora eu me enrosco nos travesseiros e choro baixinho. Imagino as respostas que eu gostaria de ouvir e posso até sentir tua respiração no meu cangote. Eu fico quietinha esperando que você me note, mesmo sabendo que isso não vai acontecer.

 Alucino sentindo teu cheiro, teu toque, teu beijo mesmo sem ter. Eu quero apenas que você me note e quanto mais eu quero mais você não corresponde.

Quando você me ignora monto todos os diálogos em minha cabeça. Imagino as respostas, as quebras, as trocas de figurinos e o ato final de nossa história  que nunca passou de mal contada pra você. Eu me encho de energia imaginando cada toque seu ou teus olhos enxergando tudo que quero que só você note. Mas você fecha os olhos, respira fundo e não vê o que eu quero que você perceba.

Então quando eu perco as esperanças você me nota e como se nada tivesse acontecido me dá corda e eu volto ao trailer e imagino uma outra história onde o final é como um clássico em preto e branco com um beijo apaixonado, onde apesar da falta de cor, a gente enxerga tudo iluminado. Onde só você e eu protagonizamos todo o amor do mundo e no final, você me ignora.

————-

Gostou? Então confere meu último lançamento “Sexo Virtual, Amor Real” na nossa livraria.

Você também pode gostar...

33 comments
  1. Morgana Brunner

    Ah que maravilhoso Luísa, realmente quando somos negadas parece que tudo vira um caos, as coisas não funcionam da forma que gostaríamos, adorei a criatividade menina.
    Abraços

  2. Thamires

    Luiza, provavelmente eu já falei isso, mas você escreve muito bem e descreve de forma delicadas os sentimentos. O ultimo post que li até mesmo retirei um quote e compartilhei no meu faceboook com os devidos créditos, meus parabéns.

    memoriasdeumaleitora.com.br

  3. Suelen Fernandes

    Olá!
    Gente eu amei o texto. Uma história bem escrita e cativante. Sua escrita é linda. Nós sofremos por amor, esse amores platônicos são os que mais nos machuca.
    Parabéns. Quero ler mais textos seu.
    Beijinhos!

  4. Manoel Alves

    Olá flor
    Nem me fale em ser ignorado por quem a gente tem apreço rsrs. Sofro dessa lê mal sempre, mas é algo que inevitável que se aconteça. Mais uma vez o seu texto está de parabéns. Até mais ver
    Bjs

  5. Leticia Golz

    Que lindo! Confesso que, sem tirar nenhuma palavra, me lembrei de quando era adolescência e ficava deitada lembrando das paqueras. Era muito sonhadora, ficando pensando em cenas assim rs

    Blog Livros, vamos devorá-los

  6. Bruna Costabeber

    Olá!
    Como sempre, mais um texto extraordinário.
    Acho que isso acontece com mais frequência do que imaginamos. Enquanto estamos focados numa pessoa, desejando que ela nos note, se apaixone, nos ame, ela não nos dá bola, quando deixamos de lado, nos notam. É aquele negócio de as pessoas só darem valor quando perdem.
    Beijos

    1. Luísa Aranha

      É mais ou menos por aí… Mas eu tenho uma teoria diferente. Acredito que a gente joga tanta energia pra ser notada que acaba ficando forçado, quando relaxamos somos naturais e isso atrai os outros.

      Bjos

  7. Ana Paula Lima

    Oiii!!

    Acabei de me ver em um conto seu (já aconteceu antes). Eu odeio ser ignorada e isso sempre acontece quando me interesso por alguém.
    Hahahaha complicado.
    Muito bem escrito e real, parabéns!

    Beijinhos

  8. kênia Cândido

    Oi Luíza.

    Menina você escreve muito bem e consegue deixar uma delicadeza nas frases muito boa. As palavras que você deixou mostra como os diálogos entre o casal são importantes e um deles ignorar essa situação enfraquece o relacionamento. Gostei!

    Bjos

  9. Driely Meira

    Oiee ^^
    Que texto lindo! Nossa, fazer trailers na cabeça e criar diálogos, quem nunca? haha’ É tão triste quando a gente aprecia tanto alguém e quer que essa pessoa nos note e nos aprecie igualmente, mas isso não acontece, né?
    MilkMilks ♥

  10. Pollyanna Campos

    Oi, tudo bom?
    Que lindo <3 Quem nunca passou por algo assim? É impossível não se identificar. Me lembrei aqui da minha adolescência e de quantas vezes me senti exatamente dessa forma. Amei mesmo, suas palavras encantam!

    Beijos!

  11. Liziane Goulart

    Oi!!
    Nossa que texto lindo, mostra o quanto sofremos por ser ignoradas e o quanto isso acontece.
    Você escreve de uma maneira que a gente mergulha nas palavras e imagina cada ação ali citada.
    Teus textos são fascinantes.
    Beijão!

  12. Paulo Rafael Botter Franco

    Olá! Adorei o seu texto, digo e repito, você tem uma escrita incrível! Confesso que odeio ser ignorado ou como dizem por aqui, ficar no vácuo. Me estressa por demais. Já vou estar acompanhando seu blog pra conferir seus novos textos.

  13. Ana Caroline

    Que lindo gente! Adorei demais, e já falei diversas vezes que adoro seus textos né? São espetaculares. Que bom que no final ele a notou, mesmo que ela tenha que reescrever sua história <3 Mais uma vez, adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *