Loading...
Últimos Posts
Prosas

Ansiosa por você

Eu queria entender de onde vem essa ansiedade que me corrói. São borboletas batendo asas de forma desesperada dentro do meu estômago. Mãos que começam a verter água, uma euforia que assola e uma tristeza que encanta. Um sorriso que insiste em ali se instalar só de saber que você vai chegar.

Pareço criança à espera do doce. Cachorro à espera do dono, formiga na volta do açúcar. Mãe em almoço de domingo. São tantas sensações e sentimentos só por escutar tua voz.

Quero tudo, quero nada. Quero você. Agora. Aqui. Pra sempre. Quero que meu peito mantenha a cadência da escola de samba desfilando pela Sapucaí quando meus olhos encontram teu caminhar.

É  um medo bobo que se confunde com o novo sentimento que em mim floresce toda vez que teu sorriso se abre em meu jardim. Eu sou tudo. Sou nada. Na tua mão me sinto completa e me perco entre teus dedos. É tão fácil, tão difícil, tão limpo.

Ninguém explica. Só sinta. Minha ansiedade alimenta a esperança de que seu olhar caia sobre mim. E de que quando cair, dali nunca mais sairá, quem sabe assim me acalmando por inteiro, domando meus desejos e anseios. Meus medos, meus sentimentos.

 ————

É possível que um bate papo virtual desperte a vontade de recomeçar a vida depois de perder seu grande amor e tentar o suicido? Em “Sexo Real, Amor sem igual” é a vez de Leonardo contar sua história e como foi superar os medos e traumas de Marina após de conhecerem. 

 Conheça Sexo Real, Amor sem igual, livro 2 da duologia Amor & Sexo na livraria do blog!

Você também pode gostar...

32 comments
  1. Vamos Conversar - Por amanda Luizari

    oi tudo bem
    cada vez que eu venho aqui fico mais apaixonada por seus textos.
    este principalmente me envolveu fez eu ficar pensativa do começo ao fim.
    estou louca para conferir suas próximos textos,

  2. Lucimar da Silva Moreira

    A ansiedade mexe muito com a gente, é como você disse é igual a uma criança à espera do doce. Mas não podemos deixar que a ansiedade venha invadir a nossa vida mas as vezes não podemos controlar ela, quando estamos amamos uma pessoa a ansiedade de ver a pessoa amada parece que fica 24 horas na gente. Lindo o texto cheio de ternura em cada palavra, parabéns pela escrita você escreve muito bem, bjs.

  3. Daniel Chervenski

    Ansiedade e amor andam lado a lado… Seja quando vc ama e não tem a pessoa e anseia um olhar, uma atenção, o dia em que possa tê-la… Ou quando vc já tem aquela pessoa e conta os minutos para se verem e estarem juntos a cada instante… Amei o post… Belas e tocantes palavras.

  4. Manoel Alves

    Olá
    Falar de anciedade é algo bem complexo. Pois existe em diversas intensidades e eu sofro muito disso, talvez ao ponto de ficar noites em claro. E isso é algo que não consigo ainda lidar
    Até mais vê

  5. Rafaella

    Oiiii tudo bem?

    Acredito que exista dois tipos de ansiedade, a que faz mal, e a que descreveu no texto, quando sinto igual a que você escreveu geralmente estou aguardando uma coisa boa, e acabo achando a ansiedade até gostosa.
    Você escreve muito bem, adorei o texto.
    Bjus Rafa

  6. Morgana Brunner

    Ah que maravilha de postagem menina, com toda certeza trouxe amor e sentimentalismo para nós, soube me emocionar bastante querida <3
    Beijinhos

  7. Adriana Moreira

    Oi, Luísa!
    Eu sempre me encanto com suas postagens! É muito linda a forma com que você coloca num texto tão pequena uma profundidade de vida e de sonhos que estão aí na sua mente, brincando, como “borboletas”, isso é muito mágico e faz a gente mergulhar no texto que é possível dizer que estou ali dentro do espaço de suas linhas escritas! Muito lindo! Não tenho nem palavras pra definir, deve ser amor à escrita! Beijão, minha querida amiga!
    Drica.

  8. Thayenne

    Olá,

    Acho que esse conto combina bastante com o dia de hoje (dia dos namorados), pois descreve exatamente como uma pessoa apaixonada se sente. Parabéns por conseguir imprimir tantos sentimentos em tão poucas palavras.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

  9. Mila Cris VthSotis

    É bem difícil conter a ansiedade quando estamos apaixonadas e graças a Deus isso passa.
    Fui também uma pessoa que se apaixonou demais e quebrei muito a cara, posso dizer que cansei de esperar alguém me falar o que eu queria ouvir e passei a falar o que eu sentia.(mesmo que não desse certo)
    Sabe o que aconteceu?
    Chorei um pouco mais depois passava rápido, até que achei meu amor e tudo deu certo.
    Bjs

  10. andy

    Me identifiquei muito com esse post. Sou super ansiosa e mesmo sendo casada e estando com meu marido a 5 anos ainda sinto os calafrios, o frio na barriga e o nervosismo.
    Abraços

  11. Joyce

    Ola lindona parabéns pelos lindos textos que nos levam a grandes reflexões, amei o tema dessa postagem nada como ter borboletas na barriga ao ver ou desejar alguém, esse é o grande diferencial em muitas relações, que se tornaram mornas sem grandes emoções. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *