Loading...
Últimos Posts
Prosas

Me livrar de você

Eu tentei. Eu juro que tentei. Não é aquelas desculpas esfarrapadas que a gente da quando quer fugir de alguma coisa. Eu me esforcei. Coloquei toda a minha energia e concentração.

Apaguei teu número da minha agenda, deletei as fotos, as conversas e até os pensamentos. Bloquei meu acesso a teu perfil em todas as redes sociais e escrevi um lembrete na parede do meu quarto. “Nunca mais pensar nele”. Nada adiantou.

Eu não fui capaz de fazer com que o destino entendesse que não poderia mais nos cruzar. E falhei em avisar todas as estações de rádio que a nossa música não podia mais tocar. O padeiro não levou a sério quando eu disse que sonhos com creme de baunilha não podiam mais ser vendidos. E o carteiro se recusa a não entregar qualquer carta tua.

Eu juro. Eu me esforcei. Mas para onde quer que eu olhe um pedaço teu lá está. Em tudo que eu faço, fujo, corro, choro, até quando não faço, teu sorriso fica a me lembrar.

O Universo não entendeu que era o fim. Ele insiste que é uma pausa, que é um momento, uma deixa. Ele te coloca na mesa do bar sabendo que lá eu vou estar. Te deixa ir no mercado, mesmo que eu esteja lá.

Já pedi, já rezei, já orei. “Senhor me livra de encontrar”, mas acho que Deus entende mais o que eu penso do que o que eu peço. Não é possível que quanto mais eu rezo, mais eu encontro você.

E assim fica difícil me livrar. Me salvar. Te esquecer. Me encontrar. Eu tentei, eu juro que tentei. Mesmo que a única coisa que eu realmente queira é você.

 ————

É possível que um bate papo virtual desperte a vontade de recomeçar a vida depois de perder seu grande amor e tentar o suicido? Em “Sexo Real, Amor sem igual” é a vez de Leonardo contar sua história e como foi superar os medos e traumas de Marina após de conhecerem. 

 Conheça Sexo Real, Amor sem igual, livro 2 da duologia Amor & Sexo na livraria do blog!

Você também pode gostar...

12 comments
  1. Char Harmony

    Bom dia!
    Que intenso
    Já tinha visto a sinopse é capa do primeiro livro a alguns dias.mas não tinha me interessado
    E este me pegou .preciso saber mais a respeito
    E o que vai acontecer .amo livros dramáticos
    E sim.sempre é possível abrir uma nova porta ao amor

  2. Thayenne

    Olá,

    Esse texto reflete muito bem a maioria das pessoas quanto terminam um relacionamento e querem se “desapegar”. Acho que é raro encontrar quem não tenha passado por isso.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

  3. Morgana Brunner

    Bom dia!
    Que postagem incrível Luísa, muitas vezes por mais que a gente tente encontrar e reencontrar parece que sempre acontece algo para nos esbarrarmos, quem sabe é para acontecer mesmo.
    Beijinhos

  4. Carla

    Oie!
    Nossa, deve ser difícil tentar esquecer e não conseguir, onde tudo nos lembra da pessoa, e nos faz querer novamente.
    Um lindo texto, como sempre, muito emocionante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *