Loading...
Últimos Posts
#ProjetoCartas

Uma carta para a infância

Criança,

Eu sei que agora parecer ser chato ser pequeno. Não pode isso, não pode aquilo e a mamãe sempre controlando tudo e mandando fazer o dever de casa. Eu também não gostava. Odiava arrumar o quarto ou ter que dormir na hora certa.

Mas hoje eu percebo que a gente perde muito tempo querendo ser grande e depois se arrepende de não ser pequeno. A gente esquece que brincar, correr e aproveitar. E depois a gente corre sem querer, não aproveita e alguns esquecem que um sorriso no rosto pode ser o ponto alto do dia de alguém.

Os anos passam rápido e quanto mais passam, mais rápido o tempo anda. Agora pode parecer uma eternidade esperar o seu aniversário. Depois, vai parecer que você nem viveu nada e já ficou mais velha de novo.

Algumas pessoas crescem e esquecem que já foram crianças. Algumas parecem que nunca crescem. Tem idade para tudo nessa vida e a melhor idade é sempre a que a gente está. Mesmo que não pareça, mesmo que a gente sinta saudades ou queira que a escola acabe logo.

Você vai crescer na hora certa aproveite as coisas boas da sua infância, guarde com saudades os momentos de brincadeira, de felicidade, de sorrir por uma bala. E não esqueça que ser velho não é só questão de idade.

 ————
O blog Causos & Prosas participa do Projeto Cartas, juntamente com o blog parceiro Carpe Diem
 ————
O Universo realmente pode conspirar em nosso favor? Lia e Theo tem quase certeza que ele é uma criança birrenta porque mais atrapalha do que ajuda, pelo menos no romance deles.
 Conheça Valeu, Universo! – Encontro, disponível no wattpad ou na livraria do blog!

Você também pode gostar...

11 comments
  1. Morgana Brunner

    Oiii amada, tudo bem?
    Fiquei apaixonada pelo seu texto menina, com toda certeza a infância é uma época de nós aproveitarmos e sentimos falta de tudo, com toda certeza.
    Beijinhos

  2. Beta Oliveira

    Nossa, que sintonia! Conversava exatamente sobre isso ontem com algumas amigas. Uma onda gostosa de saudosismo por ter aproveitado o quanto pude a infância. E tentando manter a criança que há em mim ainda viva neste mundo cruel dos adultos. Belo texto! Abraços!

  3. Leticia Golz

    Oi, tudo bem?
    Hoje eu penso muito nisso. E às vezes dá uma grande vontade de ser criança, sem problemas, sem contas kkkk
    É preciso aproveitar muito bem todos as fases da vida.

    Livros, vamos devorá-los

  4. Crislane B.

    Oi, Luisa!
    Só viver a vida e tentar se feliz sempre. Aproveitar o que a infância nos trás de melhor. Crescer é tão bom,mas são muito processos difíceis no caminho.
    Beijão!
    Blog La Garota
    Blog As Meninas Que Leem Livros

  5. Anastacia

    Oie, tudo bem?! Ahhhh que saudade da minha infância… Tive uma infância muito boa. Brinquei na rua, corri bastante e sinceramente não tinha pressa de crescer rsrsrsrs, Inclusive quero voltar a ela rsrsrsrsrs.
    Adorei o texto.
    Bjs

  6. Tony Ferr

    Olá!
    Nossa seus textos são sempre excelentes! Parabéns, continue assim! E suas palavras são mais do que sinceras e verdadeira porque realmente acontece assim, queremos adiantar os dias, mas na verdade devemos esperar por tudo.
    Abraços
    Dicas Literárias

  7. Gaby Marques

    Oieee, tudo bem? Mais um texto muito bonito. Quando a gente cresce e as responsabilidades aparecem às vezes bate uma saudade da infância, da inocência desses dias, mas a vida adulta também tem muita coisa a oferecer. Crianças não deveriam mesmo ter tanta pressa em virar adulto, mas também não pensar nisso como o fim dos “bons tempos”.

    Beijos!

  8. Joyce

    Como sempre textos maravilhosos, como queremos antecipar as coisas quando crianças ainda mais na época de hoje, se eles soubessem como viver essa fase é importante não queriam adiantar e sim atrasar o tempo.

    beijos

    Joyce
    Livros Encantos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *