Loading...
Prosas

Mais um ciclo

Hoje é meu aniversário. Ok! Mas não estou dizendo isso porque quero parabéns, estou comentando apenas para que vocês entendem o porquê deste texto.

Há algum tempo eu venho pensando na vida. Na vida de uma forma geral, os caminhos que escolhi, as coisas que não previ ou planejei (na verdade a maioria eu não planejei, porque sou impulsiva demais para isso) e as consequências de cada situação.

Eu tenho pensando nisso porque em breve mudaremos de novo. Em breve teremos a chance de zerar o jogo e começar um novo. Seremos nós e em outros lugares. E cada vez que nos mudamos eu sinto como se fosse a possibilidade de me reinventar.

Aliás me reinventar é uma arte que domino bem. Quantas vezes foram necessárias mudar (e não só de cidade, casa), quantas vezes eu larguei tudo e comecei de novo, algo novo, diferente, que eu não sabia absolutamente nada.

Então estou eu, quase chegando nos 4.0 (ok, ainda faltam 3 anos inteiros, mas porra 37 é mais perto de 40 do que de 30), prestes a começar uma nova fase da vida, num lugar novo (que ainda não sabemos qual é), deixar meus amigos para trás, minha rotina, minha vida, minha comodidade e fazer tudo acontecer de novo…

Serão caixas, malas, memórias, recordações e saudades para reorganizar. Terá aquele período de Polyana, encantada com o novo lugar. Depois o período de saudade onde aqui parecerá mil vezes melhor que lá e depois… depois a rotina.

E sabe o que é melhor? É que eu adoro essa sensação. Claro que vou morrer de saudades daqui, como morro de saudades de todos os lugares que já passei, dos amigos que deixei e das histórias incríveis que vivi.

Mas assim como as minhas constantes mudanças, minha nova idade vai me deixar um pouco mais de saudades. E me trazer mais amadurecimento, conquistas e novidades. Que venha os 37 e a nova cidade…

 ————

Sabemos que a batalha contra o preconceito é árdua e que alguns textos podem te chocar ou mesmo fazer com que você se identifique. Tudo bem se isso acontecer. Não se preocupe! Isso não significa que você seja uma pessoa ruim. Significa apenas que você, assim como tantos outros, precisa mudar.

 Conheça Isso também é preconceito!, antologia de contos,  na livraria do blog!

Você também pode gostar...

5 comments
  1. Rafaella Viegas

    Oiii tudo bem?

    Parabéns!!! Felicidades tudo de bom.
    Sinto isto também quando estou fazendo aniversário. E estou a caminho do 3.0 falta só 2 anos, e essas idades nos faz refletir bastante né.
    Mas é sempre bom zerar, recomeçar.
    Adorei o texto.
    Bjus Rafa

  2. Ana Souza

    Mesmo não querendo os parabéns, eu dou do mesmo jeito! huauhahua
    Parabéns e tudo de mais maravilhoso para ti.
    Seus textos são sempre incríveis.
    Essa coisa de idade pra mim é problemático. Obvio que sempre trás mais sabedoria e tudo o mais, mas acho que ultimamente eu estou vendo o tempo passar muito rápido e sem freio e isso me preocupa…
    enfim, parabéns!!

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

  3. Juliana Duarte

    Oi, Luísa, tudo bem? Parabéns.
    Eu completei 22 no último dia 20, e também escrevi algo sobre concluir ciclos e começar outros da estaca zero.
    Antes aniversário pra mim era só diversão, hoje é uma época de reflexão. Não consigo mais apenas ser feliz, eu preciso, tenho a extrema necessidade de: analisar se evolui, o que deixei pra trás, o que preciso mudar e etc.
    Ano que vem também será um ano de mudanças para mim.
    Boa sorte pra nós e que Deus nos guie.
    Abraço forte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *