Loading...
Prosas

Noites Insones

Eu sinto saudades das noites insones. Das conversas fiadas, as indiretas trocadas, as provocações veladas. Sinto falta de quando não nos preocupávamos com sentimentos complexos. De quando éramos puros, sinceros e não queríamos controlar afetos possíveis.

Procuro ainda pelos dias preguiçosos na memória. O sorriso bobo no rosto. A cara de zumbi do dia seguinte. A cumplicidade de só nós dois sabermos os motivos. Aquela lembrança genuína que fazia o olhar brilhar, a boca se abrir, a felicidade invadir.

Sinto mesmo. Falta, saudade, vontade. De viver de novo, de poder contar ao mundo, de apagar a complicação que criamos para algo que era simples. Ainda não entendo porque não conseguimos manter o que de mais puro existia.

Fomos nós que complicamos. Com manias, controles, regras impostas e medos escancarados. Era tão fácil, ingênuo e transparente. Mas o medo  turvou as vistas. A neblina encobriu o coração e as curvas da estrada foram aceleradas demais.

Ainda assim sinto saudades. Noites e mais noites ao teu lado, tua voz no meu ouvido repetindo para não termos pressa. Me guiando pelo escuro e me encontrando em teu peito. Lembro de nós. Exaustos. Meu corpo encaixado no teu. Teus braços envolta de mim, teu nariz afundado em meu pescoço. Eu dormia feliz, mesmo nas noites de pavor. E os pesadelos que me atormentam não existiam nesses dias.

Sinto saudades. E mesmo que nada possa ser reescrito, que não existam outros finais a serem ensaiados, eu me aninho em teu corpo e deixo a lembrança da tua respiração pesada velar o meu sono.

 ————


É possível que um bate papo virtual desperte a vontade de recomeçar a vida depois de perder seu grande amor e tentar o suicido? “Sexo Virtual, Amor Real” conta a história de Marina, uma mulher de 24 anos , que começa um novo caminho a partir do momento que conhece o segundo Leonardo de sua vida.

 Conheça Sexo Virtual, Amor Real,   livro 1 da duologia Amor & Sexo na livraria do blog!

Você também pode gostar...

12 comments
  1. Morgana Brunner

    Que maravilha de postagem Luísa, é realmente muito emocionante esses seus textos e esse conseguiu me comover é saber valorizar os momento mais simples.
    Beijinhos

  2. Camila Mondaini

    Olá tudo bem?
    Seu texto me trouxe reflexões incríveis sobre relacionamentos. É realmente de impressionar como os adultos gostam de complicar as coisas ao invés de apenas curtir o momento. Não há nada de errado em dar boas risadas e se divertir ao máximo enquanto temos tempo. Quando focamos muito em situações desagradáveis acabamos perdendo a essência de todas aquelas sensações maravilhosas que temos ao desfrutar de um curto espaço de tempo com a pessoa que amamos.

    beijinhos!

  3. Gaby Marques

    Adorei o texto, Luisa! Bonito e sensível, como sempre. Uma ótima reflexão sobre como às vezes complicamos tanto as coisas e deixamos o que há de bom, inocente e leve para trás, talvez na infância,,,

    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *