Loading...
Últimos Posts
Prosas

O Senhor de todas as coisas

Dizem que o tempo é o senhor de todas as coisas. Que ele cura as dores de amor, as desilusões e sofrimentos. Que apenas ele é capaz de esquecer tudo que um dia foi ou não.  Até mesmo as marcas mais profundas ele alivia.

Como aquela cicatriz do joelho ralado que com o passar dos anos foi diminuindo e se tornou apenas um borrão na pele. Ou aquele beijo apaixonado de quando se era adolescente, que hoje apenas parece uma ação. Sem memórias de cheiros, gostos e sensações.

Dizem que o tempo alivia a dor da saudade, a falta do outro,  ensina a conviver com as ausências.  Ele também pode ser o culpado pelas chances que deixamos passar. Quem nunca usou a desculpa da falta de tempo para não fazer algo que não estava tão afim assim?

O tempo é relativo apesar de sua contagem ser extremamente precisa. Quando queremos ter tempo ele existe. Quando não queremos, ele é escasso. Ás vezes segundos duram a eternidade na ansiedade de uma resposta. Ou horas viram segundos na euforia de um momento.

Não sei bem se hoje tenho mais tempo ou menos tempo que antes. Na teoria, a cada aniversário que passa, eu tenho menos tempo para fazer tudo que ainda quero um dia fazer. Na prática, aprendi que eu comando meu tempo e que aproveita-lo ou não depende muito mais dele do que dos ponteiros do relógio.

Já não concordo mais que o senhor de todas as coisas me é capaz de fazer esquecer. Não observo com ansiedade o seu passar, como há vinte anos vazia. Hoje lhe peço piedade para que seja devagar. E leve. Para que eternize os momentos de felicidade, porque os de tristeza eu já deixei para lá.

Se o tempo é o senhor de tudo e tudo depende dele, quero sempre mais tempo. Mais tempo para viver, para amar, para sorrir, para sentir. Quero que ele seja eterno nos dias ensolarados. E nos nublados também. Afinal, o que seria de nós se não houvesse todas as experiências?

Me falta tempo. Mas me sobra também. E nesse jogo de esconde esconde da vida, onde quem comanda são os dias do calendário, eu me pergunto quanto tempo perdi durante anos me preocupando com as coisas erradas. Porque hoje eu entendo bem mais do relativismo temporal, do que quando eu me deixei levar pela ansiedade de crescer.

O tempo não volta atrás. É impossível querer que ele lhe devolva os anos que passaram. Não existe a possibilidade de que ele pare também para que você aproveite agora cada segundo eternamente. Só nos resta então pedir que ele seja doce e saber que aproveitar ou não o tempo, depende mais de você do que dele.

 ————
Uma mulher que só pensa em casar, uma pessoa que se sente marciana, encontros, desencontros e reencontros de amor,  um homem que se sente atraído por uma mulher, uma mulher que se apaixona novamente pelo colega de escola, alguém que é traído, alguém que está apaixonado e alguém que sente uma saudade infinita. 
Sentimentos, palavras, alucinações , sonhos e vontades. Medos, loucuras, desejos,  poesia, prosa, causos, lágrimas e amor.
 Conheça Noites de Verão, coletânea de contos e crônicas,  na livraria do blog!

Você também pode gostar...

12 comments
  1. Manoel Alves

    Olá
    Seus textos sempre inspiradores. Amei de mais. O tempo é sempre. O melhor remédio para tudo. É como diz aquela frase: Dê tempo ao tempo, e logo tudo se ajeitará. Até mais ver
    Bjs

  2. Hugo

    Lindo texto e que nos faz refletir sobre muitas coisas, sobretudo, a nossa impotência perante ao senhor Tempo. Devemos saber aproveitar o tempo que nos foi dado e usa-lo com sabedoria e para fazer o bem 🙂

    Um grande beijo Luísa!

  3. Jennifer Silva

    Oi, Luisa! É a mais pura verdade, quando estou ansiosa eu quero que o tempo passe mais rápido, ás vezes falta tempo para ler todos os livros que eu quero haha ou às vezes o tempo passa muito rápido quando estou fazendo algo tão bom que parece até injusto, mas assim é a vida e devemos aproveitar ao máximo. Ameei o texto, bjss!

  4. Morgana Brunner

    Minha linda que postagem maravilhosa, sempre quando aqui entro fico perplexa e sinto-me em capaz, gostei de saber sua opinião e desejos sobre o nosso querido tempo, no qual passa muito rápido e sempre temos de aproveitar, linda mensagem!
    Beijinhos

  5. Ana Paula Lima

    Oiii!!

    Aaaah eu gosto dos seus textos pois sempre consigo refletir neles e pensar no que melhorar em mim.
    Demorei 26 anos pra entender que temos que deixar o tempo seguir seu curso sempre levando sua vida com leveza..

    Beijinhos

  6. Tamara Padilha

    Oi, luiza, amei o texto, muito reflexivo e verdadeiro. realmente, o tempo tem todo esse poder, nos faz refletir, nos faz viajar, e é quem comanda nossa vida. Perfeito.

  7. Naylane Sartor

    Oie! Tudo bem?

    Eu amo e odeio o tempo, por exemplo por agora o tempo está sendo meu maior inimigo, mas acredito que no futuro ele será meu melhor amigo, espero ter tempo de realizar tudo o que quero! Quem sabe um dia…

    Bjss

  8. Paulo Rafael Botter Franco

    Olá! Que texto incrível, inspirador e revigorante. O tempo é nosso amigo e pode se tornar um inimigo, amei esse seu texto, pois o tempo precisa ser o meu amigo na situação da qual estou passando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *