Loading...
Causos

A outra

Quando estiveres usando minhas toalhas, minhas louças, minhas roupas de cama e cobertas. Quando estiveres conversando com minha família, com meus amigos, olhando minhas fotos, quando colocares a cabeça nos meus travesseiros, tenho certeza que te sentirás feliz. Afinal conseguistes o que queria. Ou pensas que conseguistes.

Ele irá te levar a todos os nossos lugares. E em cada um lembrará de mim. Assim como pensa cada vez que faz amor contigo e sofre cada vez que lembra da escolha errada que fez.

Tu pode ficar com todos os restos. Porque os inteiros  sempre serão meus. Pode usar as minhas coisas, estar com ele e tentar ser eu. Mas tu nunca serás. Nunca terás o que eu tive. Nem as histórias, nem as lembranças, nem a vida, nem a família. Eu sempre vou ser o fantasma da tua história e a única que realmente importará para ele.

Em tudo que vocês fizerem eu estarei lá. Como a melhor lembrança dele. A parte que sempre fará falta. A mulher que ele amará por toda a vida. E tu? Sempre serás a mesma coisa. Alguém incapaz de construir a sua própria história, incapaz de gerar frutos, de colher flores. Alguém que passará a vida nas sombras de histórias que nunca serão tuas. Alguém infeliz.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *