Loading...
Causos

Deliciosa aventura

Primeiro me encantei no teu sorriso. Que sorriso que dizia que eras exatamente o que eu queria. Eu moraria nele. Faria da sua boca meu lar, dos lábios minha cama e do riso meu sonhar.

Depois tua voz que sussurrava no meu ouvido me deixando com a pele arrepiada, uma sensação gostosa de conforto, uma rouquidão que me levava ao êxtase e uma doçura que me torturava. Uma voz que seria minha canção preferida de ninar e despertar.

Então veio teu toque. Quente, seguro, sem pressa, medo ou rodeios. Me conduzindo por caminhos que eu nem ousava trilhar. Me levando a lugares mais próximos do céu em questão de segundos e me trazendo de volta à terra em segurança. Quem poderia imaginar que seriam teus braços a me acolher, a me fazer estremecer, a me deixar enlouquecer.

Então veio teu jeito moleque, maroto e maduro. Me ensinando que tudo poderia ser mais leve, que a vida brinca com a gente, que destino é algo que nada muda. Se eu não tivesse as marcas em meu corpo da tua existência, juraria que estava em um surto de delírio. Enlouquecendo e imaginando que tu existias.

É perfeito o encaixe das nossas mãos, do corpo, da boca, da vontade de ser um só. É perfeito o jeito que nos comunicamos, das palavras que não precisam ser ditas, dos olhares que se cruzam e se entendem. Da sensibilidade à flor da pele,  do sentimento latente, do desejo que se multiplica.

E se isso realmente for uma loucura que seja a mais deliciosa aventura porque foi contigo que descobri o que é ser amada.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *